Consulte Pendências Financeiras OnLine de seus clientes
Image is not available

Consulte todas as pendências financeiras de CPF e CNPJ online em nosso sistema.
Consulte também veículos, cheques, protestos, telefones e endereços atualizados.

Slider

Como consultar Cheque e Protesto

Como consultar Cheque e Protesto

O cheque é um meio de pagamento tradicional ainda usado por muitas pessoas e empresas para transações à vista, emitido em favor de um terceiro. Embora tenha o aval de uma instituição financeira, prestadora de serviços para o emitente, pode representar uma dor de cabeça para quem o recebe em razão da falta de fundos. Então antes de começar a aceitar este meio de pagamento em seu estabelecimento é importante saber Como consultar cheque e Protesto.

Hoje, com o avanço da tecnologia, bem como com o surgimento de empresas de Consultas de Análise de Crédito, a exemplo da Consultas Prime, ficou mais fácil checar informações cadastrais sobre o cliente antes de fechar contratos e, assim, assegurar a saúde financeira de sua empresa.

Afinal, realizando negócios com clientes (pessoa física e jurídica) com restrição financeira, a sua empresa se coloca em risco. Por isso, pesquisar por mais informações sobre eles é de fundamental para a sustentabilidade do seu negócio.

Primeiro de tudo, conheça bem este instrumento de pagamento e sua regulamentação para garantir mais segurança nos negócios. Descubra como consultar cheque e protesto, tendo a Consultas Prime como uma grande aliada da sua empresa.

Integrante do grupo de título de crédito de modelo vinculado, o cheque deve conter numeração própria e seguir os moldes da padronização fixada pelo Banco Central, com o talonário próprio da instituição financeira correspondente.

Consultar cheque com diversas modalidades

Certamente, consultar cheque é uma forma de dar mais segurança às suas transações, evitando problemas posteriores. Com a Consultas Prime você tem acesso a diversas informações sobre o correntista, evitando possíveis casos de inadimplência.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) explica que um cheque pode ser recebido diretamente na agência em que o emitente possui conta ou depositado em outra. Assim, pode ser compensado e creditado diretamente ao correntista.

banner consultas prime

Como resultado, este “pedaço de papel” pode ser descontado imediatamente, mesmo sendo pré-datado, correndo-se o risco de não ter fundos antes do dia solicitado.

Há algumas regras e formas de emissão

  • Ao portador – só será emitido sem a indicação do beneficiário até o valor de R$ 100.
  • Nominal – de R$ 100 em diante, será obrigatório colocar o nome do beneficiário. O valor só é repassado mediante identificação de quem está efetuando o pagamento ou da pessoa citada por ele no verso do cheque (endosso), ou compensação, caso seja depositado.
  • Cruzado – a colocação de dois traços paralelos, em sentido diagonal, na frente do documento pode ser feita tanto no cheque ao portador quanto o nominal, indicando que somente será pago por depósito em conta corrente.
  • Administrativo – feito pelo próprio banco, pode ser comprado pelo cliente em qualquer agência bancária para emissão em nome de quem efetuará o pagamento.
  • Especial – concessão ao titular da conta de um limite de crédito para saque quando o cliente não possuir o valor necessário, mediante contrato prévio.
  • Reduza a inadimplência com a Consultas Prime

Da mesma forma, é importante consultar cheque e protesto para fazer o controle financeiro, acompanhando a compensação dos cheques nas datas previstas. O pré-datado só deve ser aceito quando a empresa tiver a garantia de que o cliente terá saldo para pagar depois. Com a Consultas Prime, pode-se ter acesso a histórico de pagamento, validando-o como bom ou mal pagador.

A prescrição de um cheque, segundo a Febraban, será de 180 dias depois de sua apresentação. Sendo na mesma praça, o prazo de exibição do documento é de 30 dias da sua emissão ou dobrado, ocorrendo fora dela.

Da mesma forma, é preciso aguardar o prazo de liberação de cheques de outros bancos depositados na conta bancária do cliente. Eles são encaminhados ao Serviço de Compensação de Cheques e outros Papéis, variando entre 24 horas para R$ 300 ou valor superior e 48 horas para até R$ 299,99.

Com a Consultas Prime é possível fazer consulta online de pendências financeiras de forma rápida e descomplicada. Consultar cheque  fornece dados do emitente para proteção de crédito em nosso sistema, evitando prejuízos.

Empresas de consulta CPF ou Consulta CNPJ de Dados Cadastral

Atualmente, há diversas empresas que fornecem o serviço de consulta CPF de dados cadastrais e sobre o histórico financeiro de determinado cliente. Na verdade, apresentam informações que refletem a história de relacionamento de determinado cliente com o mercado, de um modo geral.

Um exemplo nesse sentido, como já destacamos, é a Consultas Prime, que fornece o serviço de consulta de informações como:

  • Consultas online completa CPF;
  • Consultas CNPJ;
  • Busca de telefone por CPF e CNPJ;
  • Protesto nacional;
  • Busca de endereço por CPF e CNPJ.

Além de fornecer informações sobre determinado CPF e CNPJ, disponibiliza dados veículos, a partir de sua placa mercosul, por exemplo.

Em conclusão, a Consultas Prime é a melhor parceria quando o que se busca é tomar conhecimento completo do histórico de um potencial cliente que deseja fazer negócio com sua empresa.

A Consultas Prime se vale dos principais bancos de dados disponíveis para fornecer um serviço completo de consulta.

banner consultas prime

Como consultar Cheque e Protesto na Consultas Prime?

O processo de consultar cheque e protesto na Consultas Prime é supersimples. Basta que realize o cadastro na plataforma, fornecendo os seus dados, como razão social, e-mail, CNPJ e número de telefone para contato, que pode ser o mesmo que utiliza como WhatsApp.

Com o objetivo de facilitar sua vida e otimizar o seu processo de consulta de cheques, disponibilizamos o link da página de cadastro COMPRAR CRÉDITO.

Menos emissão de cheques durante a pandemia

Em contraste, durante a pandemia da Covid-19, os brasileiros estão usando menos dinheiro e cheque nas suas compras. A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta que, ao passar em diversas mãos, as notas podem ser fonte de disseminação do vírus.

De acordo com o levantamento realizado pelo Instituto AGP Pesquisas, em conjunto com a Cielo, 61% dos comércios reduziram o uso de dinheiro.

Também a emissão de cheques caiu em 15% nos estabelecimentos de alimentação e 25% nos de vestuário em maio, das 863 pessoas ouvidas em todo o país.

Mudanças na legislação de cheques

Além disso, em decorrência à crise de saúde pública, causada pela disseminação do Coronavírus pelo mundo, foi suspensa, a partir de 14 de abril, a cobrança por cheque especial não utilizado.

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes alterou a regra de tarifa de 0,25% sobre qualquer limite acima de R$ 500. A medida, aprovada pelo Conselho Monetário Nacional, estava em vigor desde janeiro deste ano.

Outra mudança está relacionada aos procedimentos de devolução de cheques por parte das instituições financeiras aos consumidores.

Conforme a <a href=”http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=30/04/2020