fbpx

Consultas Restrição Financeira

como a certidão nada consta se aplica a empresas

Como a certidão nada consta se aplica a empresas

Certidão Negativa de Débitos (CND), conhecida como nada consta, é uma certidão na qual demonstra se uma pessoa física, jurídica e algum bem tem restrições financeiras ou pendências legais em seu nome. 

Essa certidão é conhecida popularmente por nada consta. Esse documento pode ser emitido para pessoas físicas que desejam comprovar que não tem pendências no nome. 

Ou na compra de imóveis e veículos seminovos, por exemplo. Embora seja um documento muito útil para pessoas físicas e consulta do histórico de bens, a certidão nada consta é usada especialmente por empresas. 

Lidar com fornecedores, compradores e fazer pedidos de empréstimos em bancos exige uma série de documentos. O nada consta pode ser um deles. 

Na área empresarial, a CND pode ser usada de diferentes maneiras, mas todas têm o mesmo objetivo: evitar golpes e possíveis transtornos no futuro. 

Como funciona a certidão nada consta para empresas

A certidão nada consta de pessoas jurídicas indica se a empresa, seus patrimônios ou sócios têm pendências financeiras ou processos legais. Para emiti-la é preciso, obviamente, não ter restrições financeiras ou pendências processuais. 

A certificação nada consta pode ser emitida por órgãos públicos ou empresas de consultas online – como a Consultas Prime, organizações que também são confiáveis e transparentes, assim como os órgãos públicos. 

Como dissemos, o CND atesta que a pessoa jurídica e os bens que estão em seu nome estão sem pendências financeiras e legais. Por que é necessário? Principalmente, para proporcionar negócios mais seguros para ambas as partes. 

Saber se seus fornecedores, por exemplo, têm histórico com dívidas ou processos legais é importante para evitar fechar alguns contratos e ter transtornos mais tarde – mas, esse é apenas um uso do nada consta pelas empresas. 

Existem diversos tipos dessa certificação, como as estaduais, municipais, da Receita Federal, Previdência Social, Fundo de Garantia, Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas, processos criminais em andamento, a de pedido de falência, entre outras diversas. 

A diferença está nos dados que serão analisados na consulta. Ou seja, no foco que a certidão terá. A certidão negativa de processos trabalhistas, por exemplo, terá como foco se a empresa tem antecedentes processuais desse tipo ou não em seu nome. 

Diferentemente da consulta do nada consta de Previdência Social. Ficou claro? Então, tenha em mente o que deseja analisar e descobrir antes de fazer a consulta do CND. 

Como se aplica para empresas?

Saber com quem está negociando, fechando contratos ou comprando bens – imóveis, veículos e equipamentos, por exemplo – é imprescindível para evitar golpes, fraudes e futuras dores de cabeça.

Outra forma como essa certificação pode ser útil para as empresas é solicitando o documento para novos funcionários – exigindo o nada consta de pessoas físicas – e empresas prestadoras de serviços.

Empresas que precisam pedir empréstimos em bancos precisam emitir essa certificação. As instituições financeiras pedem o documento para entenderem o risco de inadimplência e também para aprovar pedidos de financiamento ou não. 

Muitos empresários emitem a própria certidão nada consta para avaliação interna ou para provar sua situação legal e financeira para órgãos públicos ou privados. Então, é muito importante saber como emitir esse documento.

Como emitir certificação nada consta

Este documento é válido durante 90 dias após sua emissão. Então, é uma certificação pontual. Como emitir? Como dissemos, há dois caminhos: a emissão por órgãos públicos e empresas privadas de consultas online, como a Consultas Prime é uma empresa referência de qualidade e transparência em consultas digitais. 

Para emitir a certificação, é preciso estar com o CNPJ limpo, obviamente. Além de não ter processos em seu nome, as empresas não podem apresentar pendências de impostos, como PIS, Cofins, IRPJ, CSLL, entre outros.

Os dados que vêm na certificação e os motivos que impedem a emissão do nada consta dependem do tipo do documento – estadual, municipal e os outros vários citados ao longo do conteúdo.

Como a maioria das coisas atualmente, é possível fazer a emissão deste documento pela internet. Alguns órgãos exigem o pedido presencial, mas a Consultas Prime oferece a emissão dessa certificação via internet, de forma rápida e simples. 

Ao acessar nosso site, identificará a opção de consulta nada consta e indicará o CNPJ da empresa que deseja analisar os dados. Faremos a análise e se tudo estiver dentro da legalidade, enviaremos o documento o mais rápido possível.

Caso contrário, apresentaremos quais as pendências a titularidade tem. Assim, terá todas as informações importantes em mãos antes de fechar qualquer venda ou negócio.

Conheça a Consultas Prime

A Consultas Prime é uma empresa especializada em consultas online. Oferecemos soluções completas para empresas consultarem o próprio nada consta ou de terceiros. 

Com transparência durante as operações e confiança, nossos clientes obtêm informações importantes por meio das consultas oferecidas em nosso site. Acesse e emita a certificação nada consta para negócios seguros e tranquilos. 

Conte com a gente, entre em contato!

Como-verificar-se-o-veiculo-tem-busca-e-apreensao-Se-previna-e-nao-caia-em-golpes

Como verificar se o veículo tem busca e apreensão? Se previna e não caia em golpes!

Antes de comprar um seminovo, é preciso consultar o gravame do veículo e conferir se o carro tem busca e apreensão. Entenda a importância desse recurso!

Não dá para negar que ter um veículo é essencial nos dias de hoje. Seja para ir ao trabalho, levar os filhos na escola ou em situações de emergência, ter um carro ou moto é ter mais qualidade de vida e praticidade no dia a dia.

Infelizmente, o valor dos automóveis só crescem, o que desanima o consumidor a comprar veículos novos. Com isso, a compra e venda de carros seminovos aumenta consideravelmente ao longo dos anos.

Somente em fevereiro deste ano, a compra de seminovos aumentou mais de 10% em relação ao ano anterior. A concessão de crédito para compras como essa também teve crescimento acima do normal até o momento em 2021.

É o que vemos na prática em dados extraídos da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban): há mais de 642 mil veículos sendo financiados no Brasil. Por outro lado, atualmente, há cerca de 450 mil pessoas sendo afetadas por ações de busca e apreensão em todo o país.

A crise financeira em que enfrentamos, com certeza, contribui para números tão altos de automóveis alienados no país. O problema é quando as parcelas não são pagas, o devedor não procura o banco para renegociação ou o veículo é vendido mesmo com restrição financeira

A venda de veículos nessas condições, infelizmente, é comum. É um golpe famoso no mercado de seminovos, aplicados principalmente por aqueles que não têm condições de pagar o restante das parcelas e querem vender o bem para conseguir mais dinheiro. 

Quem está na busca por comprar veículos seminovos, deve se atentar à documentação do bem para evitar esse e outros tipos de golpes. Saiba como se prevenir ao longo do conteúdo.

O que é um veículo alienado?

Quando alguém faz um financiamento com Instituições financeiras,se compromete a pagar todas as parcelas em dia. Até que o valor seja quitado, o bem está alienado. Ou seja, pertence ao banco. 

Essas condições estão prescritas no contrato. Assim que assinado, a pessoa pode comprar o bem e começar a usufruir do veículo. Caso a pessoa não pague as parcelas em dia e tampouco procure o banco para renegociar a dívida, terá que conviver com o risco de apreensão do veículo. 

Isso é: em casos de inadimplência em financiamentos, o banco envia uma carta ao devedor, solicitando a devolução imediata do veículo. Caso não seja devolvido, a cobrança será feita judicialmente. 

Para regularizar a questão é preciso pagar as parcelas atrasadas ou renegociar a dívida. Então, o automóvel está alienado quando está em processo de financiamento, caso o pagamento não seja feito, pode passar pelo processo de busca e apreensão. 

Como o golpe é aplicado?

O golpe nessa área é simples. Quando o golpista não consegue mais pagar as parcelas do financiamento, coloca o veículo à venda para repassar a dívida ao novo proprietário do automóvel.

Em alguns casos, o vendedor até já recebeu a carta de busca e apreensão do banco e, mesmo assim, aplica o golpe. O problema é quando o comprador adquire o bem sem saber que o veículo tem restrição financeira

Isso porque, quando a titularidade do bem for transferida ao novo dono, as dívidas também passam ao seu nome. Ou seja, muitas pessoas compram seminovos acreditando que estão fazendo um bom negócio, mas tempos depois, descobrem que terá que arcar com o restante das parcelas de um financiamento ou terá o veículo apreendido.

 

Situação desagradável, concorda? O mesmo acontece com multas, pendências financeiras como parcelas do IPVA e outros custos com o carro. Tudo isso é transferido junto com a titularidade do automóvel.

Saiba como evitar golpes como esse

A principal medida de segurança nesses casos é consultar o histórico do veículo e sua documentação do veículo e seu histórico. Existem consultas veiculares online que puxam todas as informações importantes sobre o automóvel rapidamente.

É o caso da consulta veicular e de gravame oferecidas pela Consultas Prime. Com essas consultas, é possível saber se o veículo que deseja adquirir já foi roubado ou furtado, o número de proprietários aproximado que já teve, se tem multas, parcelas de IPVA atrasadas ou passou por leilões, entre outros dados importantes.

O que é uma ótima ferramenta para evitar uma série de golpes nesse mercado. A consulta do gravame é especialmente importante nos casos de veículos alienados.

Gravame é o registro lançado sobre o carro para informar que ele está atrelado a um financiamento. Com a verificação desse registro, é possível identificar possíveis parcelas de financiamento em aberto ou requerimento de busca e apreensão do veículo. 

Como fazer consultas veiculares?

Na Consultas Prime é simples. Basta acessar o nosso site, preencher algumas informações, fazer o pagamento de um valor simbólico – menos de R$20,00 na maioria das consultas – e pronto, terá todas as informações importantes em mãos. 

É possível fazer consultas veiculares com o número do chassi, a placa ou pelo número do renavam. São diversas opções para conseguir ter acesso à essas informações, mesmo sem a documentação do veículo em mãos. 

Por que a Consultas Prime

A Consultas Prime oferece as mais completas consultas online. São ferramentas essenciais para evitar golpes e possíveis transtornos financeiros no futuro. Com anos de experiência no mercado, oferecemos serviços para pessoas físicas e jurídicas – em caso de compras de pesados seminovos, por exemplo.
Com a confiança e transparência que esse momento precisa, faça como dezenas de clientes e conte com a gente para negócios mais seguros e confiáveis. Consulte o gravame do veículo antes de comprá-lo e aproveite seu seminovo!

para que serve a certidão nada consta

Para que serve a certidão “nada consta”

No mundo das dívidas e créditos, é normal que expressões populares substituam as técnicas — o que pode confundir algumas pessoas. “CPF negativado”, por exemplo, virou “nome sujo” na boca do povo. Por isso, neste artigo, é importante ressaltar que, ao falarmos sobre a “nada consta”, estamos nos referindo a certidões negativas de crédito.

A nada consta serve, portanto, para mostrar possíveis pendências financeiras, as famosas dívidas, sobre CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) — ou para mostrar que, realmente, “nada consta”, por isso o nome.

Ela é bastante útil para consultas antes de pessoas físicas e/ou jurídicas fecharem negócios. Além disso, a nada consta pode ser exigida para acordos, negociações e empréstimos, por exemplo. 

Quem pode consultar

A consulta de nada consta costuma ser feita para avaliar risco em negociações ou para saber a própria situação financeira. Vale destacar que qualquer pessoa, física ou jurídica, pode consultar.

Uma empresa credora, por exemplo, pode fazer a consulta de CPF antes de fazer negócio com determinado cliente, para avaliar quais são os possíveis riscos de inadimplência por parte dele caso conceda crédito. Uma pessoa física, por outro lado, pode consultar o próprio CPF para saber quais são suas dívidas, se está negativado e poder traçar, por exemplo, um planejamento financeiro a partir dessas informações.

Como a consulta é feita

A nada consta pode ser observada por meio de uma consulta completa de CPF ou uma consulta completa de CNPJ. 

Consultas Prime oferece esse tipo de serviço por um preço justo e serviço de qualidade. A empresa tem acesso a um grande banco de dados, e, por ser distribuidora autorizada de bureau de crédito, pode fornecer informações sobre situação cadastral — tanto de CPF quanto de CNPJ –, com a maior segurança e credibilidade possível.

Ao fazer a consulta, a pessoa terá acesso a diversos dados, como todas as dívidas, possíveis ações judiciais, cheques sustados e cheques sem fundo, protestos e restrições financeiras.

Além disso, é possível ter acesso também ao score de crédito, que é uma pontuação, ou classificação, de 0 a 1000, que serve para mostrar quão confiável alguém é na hora de pedir crédito, seja para cartão, empréstimo ou financiamento. Uma empresa credora pode se basear nessa pontuação para definir se concede ou não o pedido. 

Quanto mais próximo de 1000, maior é a confiabilidade daquela pessoa. Quanto mais próximo de zero, maiores são as chances de inadimplência. O score de crédito é baseado no histórico financeiro, como nome sujo, e preenchimento de dados cadastrais.

Exigência da “nada consta”

Uma certidão nada consta pode ser exigida na hora de solicitar um empréstimo, fazer uma negociação ou de fazer acordos. Um banco ou uma empresa pode, portanto, solicitar que você emita e apresente a certidão negativa de crédito.

 

Essa emissão deve ser feita pelos órgãos responsáveis. Em Consultas Prime, porém, você pode consultar esses dados para ter uma base, poder se organizar e tomar as melhores decisões no campo financeiro da sua vida ou da sua empresa.

Fazendo uma consulta completa de CPF, por exemplo, você, pessoa física, evita constrangimento na hora de realizar uma compra e descobrir que seu nome está sujo. E você, pessoa jurídica, evita cair em armadilhas e tomar calotes de pessoas que claramente não têm um histórico financeiro favorável e confiável.

Vale reiterar: o melhor lugar para fazer a consulta de CPF e CNPJ é a Consultas Prime, que atua neste ramo desde os anos 90, com credibilidade e segurança, e é uma distribuidora autorizada de bureau de crédito.

dicas para localizar inadimplentes

Dica para localizar clientes inadimplentes

Alguns departamentos e assessorias de cobrança de empresas costumam sofrer bastante na hora de localizar clientes inadimplentes para cobrar dívidas — isso porque dados como telefone e endereço podem mudar com certa frequência e ficar desatualizados. Para fazer essa atualização e conseguir localizar o inadimplente, algumas empresas confiáveis e de credibilidade, como a Consultas Prime, oferecem um serviço para consultar número de telefone pelo CPF.

Contratando a consulta pelo CPF, você, dono de empresa, consegue acessar dados do cliente e consegue fazer a cobrança de modo adequado. Todo esse processo, que inclui cruzamento de dados, é seguro e dentro da lei, já que segue as normas da LGPD, que é a Lei Geral de Proteção a Dados. Por isso é importante contratar uma empresa experiente do nível da Consultas Prime, para que não haja nenhum processo ilegal ou problema futuro com a Justiça.

A consulta pelo CPF também pode disponibilizar outros dados do cliente inadimplente — o que pode ser útil na hora de entrar em contato para realizar a cobrança –, como redes sociais, por exemplo, e e-mail. Vale destacar que o processo de cobrança não deve ser invasivo, para não perder o cliente, mas, sim, de forma respeitosa e, claro, contundente. 

Por que a Consultas Prime pode te ajudar a consultar número de telefone

Como dissemos anteriormente, esse tipo de busca, se feito de forma inadequada, pode esbarrar nas normas da Lei Geral de Proteção a Dados (LGPD). A Consultas Prime, porém, é especialista neste tipo de pesquisa e a faz com toda segurança e legalidade, além de ter uma estrutura adequada. A empresa, afinal, também se destaca em outros ramos de consulta, como restrição financeira, consulta veicular e consulta de CNPJ, por exemplo.

Por que é importante cobrar inadimplentes

Ninguém gosta de tomar calote ou não receber o que lhe é devido. A cobrança de inadimplentes é um direito da empresa — ou qualquer outra instituição — e pode ser feita de várias formas. A mais comum, claro, é via telefone. A abordagem, como também já ressaltamos neste artigo, deve ser feita de forma adequada, instruindo o cliente a realizar o pagamento. Por meio dessas cobranças é possível sugerir opções de acordo, desde que favoráveis para os dois lados, para que a dívida seja sanada da melhor forma e o mais rapidamente possível — o parcelamento pode ser uma ótima opção.

Conhecer o histórico do cliente é fundamental

Claro que, depois que a dívida está feita, é importante cobrar o cliente inadimplente. Mas isso pode ser evitado — ou pelo menos ter menos riscos de acontecer — também por meio de uma consulta. 

Consultas Prime oferece um serviço para que você faça uma consulta sobre determinado cliente antes de fechar negócio com ele. Com isso, você terá acesso ao histórico de dívidas dele, ao score de crédito e, a partir dessas informações, decidir se é confiável ou não, ou quais riscos ele oferece. O score de crédito, por exemplo, é uma classificação de 0 a 1000 que indica à empresa o quanto ela pode confiar em um cliente. 

Quanto menor essa pontuação, que é baseada no histórico financeiro, mais chances de inadimplência. Uma pontuação acima de 700, por outro lado, indica que há menos chances de que o cliente não arque com o combinado. Você também poderá saber se a pessoa com quem negocia está com o CPF negativado — que, na linguagem mais comum, é conhecida como “nome sujo”, que indica uma reputação financeira ruim. 

Por isso, contrate os serviços de Consulta Prime para proteger sua empresa dos perigos da inadimplência — seja em negócios que você ainda não fechou, para se precaver, ou em negócios que já estão em aberto, para que possam ser feitas as devidas cobranças.

Riscos que empresa corre com situação cadastral de CNPJ irregular

Riscos que empresa corre com situação cadastral de CNPJ irregular

Se você tem uma empresa, com certeza está sempre preocupado em zelar pelos seus negócios, dos mais simples aos mais complexos. Mas nem sempre damos conta de tudo, principalmente em empresas pequenas, e deixamos escapar alguns cuidados importantes que fazem falta no dia a dia. Uma das coisas que mais requerem atenção é verificar a situação cadastral do seu CNPJ.

O CNPJ é o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas, e é o registro da empresa na Receita Federal. Com ele são registrados o nome social, os sócios, a data de abertura, o nome fantasia e outros dados. 

A consulta de CNPJ permite ao empreendedor saber como está a situação de registro na Receita Federal, se há irregularidades, processos, dívidas e outras pendências. Entender a situação da sua empresa é fundamental para a tomada de decisões. Uma situação cadastral irregular, afinal, pode gerar problemas e perda de reputação. Empresas de credibilidade e segurança, como a Consultas Prime, oferecem consulta de restrição financeira ao CNPJ, mostrando quem protestou você — ou seja, quem reportou dívidas aos órgãos competentes.

Tipos de situação cadastral

Existem cinco tipos de situação cadastral, que variam de acordo com a situação do seu CNPJ, desde a ativa até a suspensa. Vamos explicar cada uma a seguir.

Ativa

Para sua situação cadastral estar ativa, é preciso, claro, que tudo esteja regularizado, com dados cadastrais preenchidos, obrigações tributárias em dia e declarações entregues.

Suspensa

Quando há irregularidades, como fraudes, dados incorretos, falta de compromisso com obrigações tributárias, matriz ou filial com domicílio no exterior, por exemplo, sua situação cadastral fica suspensa.

Inapta

Para sua situação cadastral estar inapta, é preciso que demonstrativos e declarações não sejam entregues por dois anos consecutivos. Nessa situação, seu CNPJ fica proibido de receber incentivos fiscais e financeiros, por exemplo.

Baixada

O CNPJ vai para essa situação quando você mesmo solicita ao órgão competente. É possível reativar a qualquer momento. 

Nulo

Essa situação acontece quando há características duvidosas, como duplicidade de inscrição municipal ou estadual, ou ações ilícitas no momento do registro, por exemplo.

Como regularizar

Depois de consultar sua situação cadastral, caso não esteja ativa, é importante que você cumpra as etapas para regularizá-la, pois, assim, poderá abrir contas jurídicas e emitir notas fiscais sem problemas. Além disso, passará a ter uma boa reputação — tanto diante de clientes, que terão segurança na hora de fechar negócio, quanto de bancos e empresas que fornecem crédito, que terão mais confiança para conceder crédito e financiamentos. Com a situação regular, portanto, você poderá, além de tudo, ter incentivos para expandir seus negócios.

Caso não regularize, além das sanções, terá de se preocupar com as fiscalizações, correndo riscos de multas, retenções de mercadorias, entre outros. 

Para regularizar, você precisa primeiro entender, é claro, qual é o motivo da irregularidade. Se o problema for a falta de entrega de demonstrativos e declarações, é preciso reunir os documentos necessários e apresentá-los junto à Receita Federal. Você também pode renegociar suas dívidas com os credores para honrá-las e sair do cadastro de inadimplentes o mais rápido possível.

Outros benefícios de saber a situação cadastral

Além dos benefícios de uma situação cadastral ativa ditos anteriormente neste artigo, como possibilidade de abrir contas jurídicas e emitir notas fiscais, e da boa reputação para negócios com novos clientes e para conseguir empréstimos e financiamentos com bancos ou empresas credoras, conhecer a situação cadastral te dá a oportunidade de ter um planejamento contábil, sem que nenhuma transação seja considerada fraudulenta.

Também é importante fazer consultas para saber situações cadastrais de outras empresas, com as quais você eventualmente vai negociar, diminuindo bastante o risco de cair em golpes ou fraudes, e, claro, protegendo a sua empresa desses possíveis danos.

quem tem nome sujo pode abrir empresa? saiba mais

Quem tem nome sujo pode abrir uma empresa? Saiba mais

Se você está com o nome sujo e quer empreender, pois vê nisso uma oportunidade de melhorar sua vida financeira, saiba que é possível abrir uma empresa mesmo estando com o CPF negativado. Vale destacar que CPF e CNPJ têm funções diferentes: um refere-se a pessoas físicas; o outro, pessoas jurídicas.

Ter seu nome registrado nos serviços de proteção ao crédito, porém, não deixará com que você pegue empréstimos ou faça financiamentos, por exemplo, algo que pode ser essencial ao abrir um negócio. Para ter certeza de que seu CPF está negativado, você pode fazer uma consulta completa em Consultas Prime por um preço bastante acessível.

Mas, se até com o CPF negativado é possível, o que pode te impedir de abrir uma empresa? Pois bem: não apresentar Declaração de Imposto de Renda nos cinco anos anteriores, adulterar a Declaração de Imposto de Renda (fazendo com que ela não corresponda aos seus rendimentos), ter dívida ativa na Receita Federal. A diferença, aqui, está entre CPF negativado, que ocorre em casos de dívidas e inadimplências, e CPF irregular, que são os casos citados. Portanto, fique atento a essas questões na hora de tentar empreender.

Por que é importante estar com o nome limpo

Apesar de ser possível abrir um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) estando com o CPF (Cadastro de Pessoa Física) negativado, é importante tentar limpar seu nome, para que sua reputação financeira seja adequada e não seja associada à sua empresa.

Uma pessoa com nome sujo tem um score de crédito — pontuação que bancos e empresas avaliam na hora da possibilidade de conceder crédito — baixo. Isso significa que você terá dificuldade para conseguir empréstimos, financiamento e cartões. A pontuação varia de 0 a 1000, e, quanto mais baixa, pior para a pessoa. Como critério, são levados em conta histórico financeiro (dívidas, inadimplências, ações judiciais) e dados cadastrais atualizados. Esse ranking é feito por birôs de crédito, empresas que registram os pagamentos de contas.

Para saber qual é o seu score de crédito — e ter noção de como isso vai impactar sua vida financeira — é possível uma consulta em Consultas Prime com credibilidade, segurança e preço adequado. Saber seu score te dará segurança para traçar um planejamento financeiro e ter noção de como está sua reputação aos olhos de bancos e empresas.

Para melhorar seu score, é necessário primordialmente estar com o nome limpo. Faça, portanto, um planejamento financeiro. Priorize seus gastos, negocie suas dívidas para conseguir taxas menores, mude seus hábitos de consumo e não acumule prestações. 

Separe seu CNPJ do seu CPF e evite nome sujo

Hoje em dia é relativamente mais fácil abrir uma conta jurídica, para ser usadas apenas para transações que envolvam o CNPJ, separando, assim, sua vida financeira pessoal da vida financeira da sua empresa. Tenha planejamentos diferentes para as duas coisas, para que uma não impacte negativamente na outra. Será difícil, mas é possível.

Consulta cnpj exibe restricao financeira

Consulta CNPJ exibe restrição financeira

Com o crescente avanço da tecnologia, tornando a internet ainda mais acessível nas rotinas diárias, nem sempre é fácil descobrir se o CNPJ de uma empresa possui restrição financeira, então se torna importante saber que a Consulta CNPJ exibe restrição financeira.

Contudo, ter acesso a essa informação é de extrema importância, pois fornece ajuda para quem é Pessoa Jurídica, possibilitando o controle das obrigações financeiras para evitar futuras inadimplências.

Além disso, é de suma importância que a empresa garanta uma boa reputação como pagadora, possibilitando o fechamento de negócios lucrativos mais facilmente entre as agências financeiras.

Dessa forma, clientes, parceiros e fornecedores em potencial podem consultar CNPJ do seu negócio, a fim de ratificar ou não a possibilidade de futuras parcerias, analisando com isso a restrição financeira antes de fechar negócio.

Quer saber como a Consulta CNPJ exibe restrição financeira pelo CNPJ e ter dicas de como se prevenir de possíveis inadimplências?

No post hoje, nós daremos todas as dicas com a utilização da Consultas Prime. Leia até o final e saiba mais.

O que é restrição financeira de CNPJ?

Acima de tudo, dizemos que uma empresa ou pessoa jurídica possui alguma restrição financeira no CNPJ quando existe alguma inadimplência ou dívida de cunho fiscal ou judicial no seu nome.

Dessa forma, os credores utilizam a Boa Vista / SCPC para negativar essas organizações que possuem débitos. Sendo assim, é permitido também que tais pendências possam ser exibidas pela consulta CNPJ.

Comprar Credito consultas prime
Comprar Credito consultas prime

Tratando-se da restrição financeira, esse status infere embaraços e receios por outros órgãos com interesses em futuras parcerias. Por isso, dentre os principais motivos que resultam em inadimplência, podemos destacar os mais comuns, como por exemplo:

  • Impostos;
  • Negociações;
  • Empréstimos de banco;
  • Déficit de acompanhamento financeiro;
  • Dívidas com cartão de crédito;
  • Protestos;
  • Baixo Ticket médio;

Quais os riscos para sua empresa com o CNPJ restrito?

Caso haja inadimplência, a empresa pode perder diversos benefícios e vantagens financeiras como crédito de bancos, parcelamento de compras, autorização de financiamentos e possíveis alterações de contratos empresariais.

Esses dados podem ser analisados de forma assertiva através da Consultas Prime. Dessa forma, a restrição financeira não só afeta a diminuição de benefícios, como também a sua reputação no mercado bem como o seu Score de crédito.

Com isso, poderá haver a diminuição de confiança por parte de seus clientes e o processo para a captação de novos parceiros poderá ser mais difícil. Além de futuras negociações serem mais difíceis de serem conquistadas.

Como Consulta CNPJ e descobrir se o CNPJ está restrito

De modo geral, para verificar a possibilidade de alguma restrição financeira, é necessário buscar uma consulta mais ampla, incluindo informações acerca dos cadastros de restrição de crédito.

Portanto, é necessário contratar uma empresa especializada e que tenha acesso a essas informações por meio dos bureaus de crédito como SPC, SCPC.

Para saber mais sobre a situação do CNPJ, conheça a Consultas Prime e realize uma consulta CNPJ. Para garantir uma forma ainda mais rápida e fácil de realizar a consulta CNPJ e verificar a situação de sua empresa, acesse o nosso site e conheça os nossos serviços. COMPRAR CRÉDITO.

Como realizar a consulta CNPJ?

Acima de tudo, sabemos que toda empresa deve realizar o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

Assim, no site da Receita Federal, existe a possibilidade de acessar algumas informações, porém a consulta possui dados mais básicos, como:

  • Nome fantasia;
  • Natureza jurídica;
  • Atividades em geral;
  • Entre outros.

Tratando-se da restrição financeira no CNPJ, através da Consultas Prime, a análise pode ser aprofundada, pois para uma melhor visualização de dados, as informações devem conter registros dos cadastros de restrição financeira de crédito e outras informações pertinentes.

Ou seja, dados que informam sobre as dívidas e pendências e protestos. Além disso, também podem ser solicitadas informações como ações contra a empresa, emissão de cheques sem fundo e dados de falência.

realize já sua consulta
Comprar Credito consultas prime

Contudo, para ter conhecimento desses dados de forma segura e eficiente, é necessária a contratação de um serviço especializado.

Assim, a veracidade e a validação das informações são garantidas. Empresas contratadas geralmente possuem vínculo nos órgãos de restrição de crédito. Tais órgãos, como SPC, SCPC, Protestos, liberam o acesso às informações para prestar o serviço ao interessado, como é o caso da Consultas Prime.

Por que investir na Consultas Prime

Agora que você já sabe como Consulta CNPJ exibe restrição financeira, entenda que a Consultas Prime é um projeto inovador e completo para fornecer toda a assistência empresarial, contribui em todos dos aspectos que envolvem a análise de CNPJ e possíveis precauções. Conheça os benefícios a seguir:

1. Monitoramento e Prevenção de Fraudes

Acompanhe a situação do CNPJ da empresa e dos CPFs dos Sócios, como também poderá prevenir fraudes e a redução de restrição financeira de crédito.

2. Cobrança

Ganhe facilidade e segurança para localizar e comunicar clientes sobre débitos em aberto, fazendo o ticket médio da sua empresa aumentar. Assim, é garantido e eficácia de pagamentos de contas e débitos empresariais.

Além disso, a Consultas Prime possui ferramentas para segmentar os seus clientes e ajudar a sua empresa a conquistar o seu público-alvo ideal.

3. Análise e Consulta CNPJ

Agilize seus processos de venda e concessão de crédito. Consulte de maneira mais fácil e prática inconsistências nos dados cadastrais e possíveis restrições de seus clientes.

realize agora a sua consulta
Comprar Credito consultas prime

Além disso, saiba como aumentar a produtividade empresarial e garantir maior número de avaliações no menor tempo possível.

4. Aquisição e Marketing

Amplie sua carteira de clientes e aumente o seu ticket médio, possibilitando concessões de crédito e deixando seu CNPJ livre de possíveis restrições financeiras.

Vimos, neste artigo, o real significado da restrição financeira por CNPJ e nos riscos que este status pode acarretar em sua empresa. Portanto, se você está buscando realizar uma consulta para sua empresa, acesse o nosso site.

Além de todo o suporte necessário para a visualização da sua dívida ou pendência, a Consultas Prime ainda oferece um serviço completo a respeito de análise de crédito, consultas veiculares e negativação de devedores.

Agora que você já sabe a importância de manter sua organização em dia com as dívidas e pendências e que a boa reputação no mercado não só aumenta o seu ticket médio, por meio da captação de novos clientes, mas como também promove o fechamento de várias parcerias com fornecedores e bancos, conheça os serviços da Consultas Prime.

Solicite uma consulta e tire todas as suas dúvidas.

consultar score

Confira como consultar score e entenda qual sua pontuação de crédito no mercado

Saber como consultar score é de extrema importância para entender a sua situação atual e as chances que tem de ter um empréstimo aprovado. Basicamente, é a pontuação de perfil financeiro de cada pessoa.

Com esse score, empresas e instituições financeiras avaliam cada pedido de financiamento ou tomada de crédito. É usado em diversos momentos da vida e caso a pontuação esteja baixa, o sonho da casa própria ou do primeiro veículo, por exemplo,  pode ser interrompido.

Neste contexto, antes de solicitar um crédito, é comum que as pessoas confiram o score para entender se tem chances da instituição conceder o valor pedido. Se a pontuação for muito baixa, é possível tentar aumentá-la para depois voltar a solicitação de empréstimo ou financiamento.

Então, assim como é usada por empresas para avaliar os cidadãos, a consulta do score também funciona para cada indivíduo avaliar a situação financeira e entender os próximos passos a serem seguidos. 

Como veremos a seguir, essa pontuação é calculada por meio dos hábitos de consumo de cada pessoa. Então, compras no cartão de crédito, dívidas, parcelamentos atrasados, empréstimos e diversos outros fatores são levados em consideração.

Para melhor entendimento sobre o tema, explicaremos o que é score financeiro, para que serve e como consultá-lo. Desta forma, não terá mais dúvidas sobre essa pontuação tão importante para o mercado.

Ainda entenderá mais sobre o processo de aprovação de empréstimos e financiamentos, caso algum desses recursos sejam necessários. Acompanhe!

O que é score e como essa pontuação é calculada? 

Essa pontuação se dá por diversos dados vinculados ao CPF de cada pessoa, indicando se é ou não um bom pagador. É uma escala de 0 a 1.000 que calcula as chances de inadimplência de cada consumidor.

Então, se o score estiver mais próximo do 0, significa que a instituição financeira corre mais risco ao ceder crédito para determinado consumidor. Quando mais perto a pontuação estiver dos 1.000, quer dizer que a pessoa é uma boa pagadora. 

Com esse score, os bancos avaliam se existe perigo do cidadão atrasar as parcelas, não pagá-las ou criar outros problemas com o pagamento. Nenhuma empresa quer correr o risco, concorda?

Por este motivo, a consulta é uma grande aliada das instituições de crédito ao analisarem o perfil das pessoas e entenderem se é ou não uma boa ideia conceder o valor pedido.

Como essa pontuação é vista no mercado: até 300 pontos, alto risco de inadimplência.  Até o score 700 é considerado médio risco. Deste número em diante, a pontuação é considerada boa e o perigo de dívidas é baixo. 

Como o score é calculado?

O órgão responsável por fazer este cálculo leva em consideração todo o histórico do consumidor. Se já esteve com o nome sujo, dívidas, quantos empréstimos já fez e se pagou todas as parcelas em dia. 

O Cadastro Positivo também é analisado. É um histórico dos pagamentos que fez ou está fazendo – neste caso, demonstra as quitações em dia e o quão confiável é o consumidor para a tomada de crédito. 

Vale ressaltar que a renda pessoal não interfere nessa pontuação e sim, o valor total gasto pelo consumidor ao longo dos meses no cartão de crédito e claro, se a fatura foi paga completamente em todos eles. 

Por que consultar score?

Como dissemos, essa pontuação é analisada pelos bancos e instituições financeiras. Então, supondo que solicite um empréstimo ou financiamento em alguma dessas empresas para adquirir um imóvel, seu histórico como consumidor será analisado.

Este é um procedimento normal dentro dos bancos. Quando seus clientes pedem qualquer linha de crédito, essas instituições fazem uma análise antes de decidir se irão ou não conceder o valor.

Então, neste estudo do perfil do consumidor, a empresa entende se o cliente é ou não um bom pagador. Se for, as chances de liberar o crédito é muito maior. Caso contrário, é quase que certo que o pedido será negado – e o sonho da casa própria será adiado.

Adiado? Sim! O score muda a todo momento. Por isso, verificar a pontuação score é importante, porque se estiver baixo, poderá aumentá-lo até que seja o momento certo de ir até a instituição financeira solicitar um empréstimo ou financiamento. 

Para aumentar a pontuação é simples – na teoria -, basta limpar o nome, pagar contas antes de seu vencimento, procurar pelo cadastro positivo, dentre outras medidas.

Como consultar?

Também é fácil. Acesse o site da Consultas Prime, empresa referência quando o assunto é confiança e ética em consultas de CPF, CNPJ ou veiculares. Na nossa página, encontrará uma série de planos e serviços.

Oferecemos um chat online com especialistas no segmento para que entenda qual a melhor solução para você. Após preencher alguns dados, é possível fazer a consulta pela internet mesmo.

É rápido e fácil. Entre em contato e após alguns instantes, terá sua análise em mãos. Com isso, é hora de planejar se chegou o momento de pedir a linha de crédito ou é melhor esperar até que a situação financeira melhore. Entre em contato!

certidão nada consta

Certidão nada consta: entenda a importância e como tirar!

Certidão negativa de Débitos (CND) ou nada consta, como é conhecido popularmente, é um documento usado para atestar que uma pessoa física, empresa ou bem, não tem nenhuma pendência financeira ou legal com determinados órgãos públicos. 

Donos de veículos e imóveis, por exemplo, podem pedir uma via deste documento quando estão tentando vender o bem para comprovar ao possível comprador que está tudo dentro da legalidade.

Também pode ser requerida por bancos e instituições financeiras ao pedir um empréstimo, licitação, processos de cadastro ou homologações de fornecedores, aquisição de empresas e diversas outras situações. 

Desta forma, existe a comprovação de que não tem dívidas, problemas processuais e legais no nome de uma CPF, pessoa jurídica ou bem. Garantindo assim, negócios mais seguros e confiáveis. 

Como vimos, este documento pode ser usado para diversas finalidades e em diferentes momentos da vida. Portanto, ter conhecimento sobre o que é esta certidão e para que serve é importante. 

Quando precisar de uma já saberá onde ir e como tirá-la. Tendo isso em vista, explicaremos a seguir o que é a certidão nada consta e para que serve. Indicaremos ainda como tirá-la e os motivos que podem impedir a emissão deste documento. 

Acompanhe para saber tudo que precisa sobre o tema. 

O que é certidão negativa e como usá-la?

A certidão nada consta pode ser emitida por órgãos públicos ou empresas de consulta e têm diversos tipos. Como sabemos, este documento atesta que uma pessoa física ou jurídica e bens estão sem pendências financeiras e legais. 

Com veículos, por exemplo, esta certificação demonstra se o bem tem irregularidades com multas, pagamentos de impostos pendentes, questões de licenciamento, entre outras informações importantes. 

Então, ao vender o seminovo, é importante apresentar esta certificação. Assim o possível comprador sente mais confiança e tende a fechar a compra mais facilmente.

Este é apenas um exemplo de como pode ser usado. Como explicamos acima, esta certificação pode ser requerida em diversos segmentos – tanto profissionais, quanto pessoais. 

É válido ressaltar que é possível identificar o nada consta de outra pessoa também. Então, seguindo o exemplo dos veículos: se deseja comprar um carro e tem dúvidas sobre sua procedência, é possível atestar se o vendedor tem alguma irregularidade no nome ou na titularidade do bem.

Desta forma, evita golpes e futuros transtornos. Medida cabível na contratação de serviços, pagamento adiantado de fornecedores, venda de empresas, entre outras situações. 

Tipos de Nada Consta

Existem vários tipos dessa certificação. Alguns documentos são mais focados que outros, como os de consultas criminais, o da Receita Federal que analisa todos os tributos federais e previdência social.

É possível ter uma constatação nada consta de consultas de Fundo de Garantia, débitos trabalhistas, concordata e recuperação, Tribunal Regional do Trabalho e  processos cíveis criminais ou trabalhistas em andamento.

Também tem as certidões negativas estaduais e municipais, de veículos, entre outras diversas. Algumas são pagas, outras emitidas pelo próprio órgão responsável. 

Vale ressaltar que as pagas não custam valores absurdos. São rápidas de serem feitas e geralmente, essas empresas cobram um custo baixo. 

O que impede a emissão do nada consta?

Obviamente, para emitir um certificado como este, é preciso estar com o nome físico ou jurídico limpo, sem restrições financeiras ou pendências processuais. Empresas, por exemplo, não podem apresentar pendências de impostos, como PIS, Cofins, IRPJ, CSLL, entre outros.

Pessoas físicas também precisam estar em dia com as contribuições previdenciárias e sociais, como FGTS e INSS. Além, é claro, de não ter processos acontecendo no nome e outras questões com a legalidade.

As informações que vêm na certificação e os motivos que impedem a emissão dependem do tipo do documento. Quando se trata de veículos, os dados apresentados e requeridos são diferentes de uma consulta de CPF, por exemplo. 

Como emitir?

Como a maioria das coisas atualmente, é possível fazer a emissão deste documento pela internet. Alguns órgãos públicos fazem este serviço via online também, outros requerem o pedido presencial e uma taxa de pagamento.

Existem empresas, como a Consultas Prime, que fazem essa conferência e emitem a certificação. Basta indicar alguns dados, como CPF e CNPJ, que a empresa fará a análise e se tudo estiver dentro da legalidade, enviará o documento.

Caso contrário, apresentará quais as pendências a titularidade tem. Entre no nosso site e faça agora mesmo! Confiança e transparência são alguns dos benefícios encontrados na Consultas Prime.

Conheça a Consultas Prime

Somos uma empresa especializada em consultas pela internet. Oferecemos soluções para pessoas físicas e jurídicas, como consultas de CPF, CNPJ, restrições financeiras e verificações veiculares.

Todas as medidas visam negócios e acordos mais seguros. Contamos com uma equipe especializada e qualificada para atender todos nossos clientes. Ainda temos um chat no site para que as pessoas tirem suas dúvidas antes de contratar alguma consulta.

Desta forma, entende se de fato precisa ou não daquele serviço. Confiança e transparência estão na Consultas Prime. Entre em contato!

Consultas de restrição financeira protesto são grandes aliadas no combate à inadimplência. Conheça este serviço e melhore sua vida.

Consulta restrição financeira protesto: entenda como negociar suas dívidas!

Entrar em uma dívida é uma situação mais séria do que muitos imaginam. Na maioria das vezes, as pessoas acreditam que conseguirão pagar determinados custos e no final do mês, a conta não fecha. Por isso que a consulta de restrição financeira protesto é importante e que você deve conhecer este serviço.

É claro que muitos são pegos de surpresa com uma despesa inesperada que não conseguem pagar. Porém, de qualquer forma, dívidas podem proporcionar restrições financeiras, protestos e em últimos casos, processos. 

Infelizmente, a inadimplência é uma situação que acomete muitas pessoas e empresas no país e que cresce bastante em tempos de crises. Mas, saber como resolvê-las é fundamental para evitar transtornos mais sérios – como os que indicamos acima.

Além, é claro, de dar mais tranquilidade aos devedores. Neste cenário, surgiram diversas ferramentas que auxiliam as pessoas e empresas a pagarem e controlarem suas dívidas. 

É o caso das consultas de restrição financeira de CPF ou CNPJ. Esse serviço é válido para entender qual a situação do cidadão ou marca, verificar as dívidas vencidas e ver se adquiriu novas inadimplências. 

Quando tem protesto, significa que uma pessoa física ou empresa relatou ao cartório sobre a dívida. Órgão que emite uma intimação para que o valor seja quitado o quanto antes. É uma medida para evitar que processos aconteçam.

Caso mesmo protestada, a pessoa ou organização não pague o valor determinado, o próximo passo é resolver a questão na justiça. Como este não é o cenário ideal, caso descubra algum protesto, é importante saber quem o fez para conseguir quitar a dívida. 

Como? Pelas consultas de restrição financeira que mencionamos. Por isso é uma ferramenta tão importante, já que possibilita que as pessoas e empreendedores entendam suas situações financeiras e em caso de protesto, saibam quem recorreu ao cartório e então, entrar em contato para renegociar a dívida ou quitá-la de uma vez.  

Se você, pessoa física ou jurídica, não sabia deste tipo de serviço, acompanhe este conteúdo. Explicaremos como protestos funcionam e como as consultas podem ajudar a resolver dívidas. Saiba mais!

Como funciona o protesto de dívidas?

Esse termo não é muito conhecido e entender seu funcionamento é importante para saber como lidar caso aconteça. Protesto em cartório é quando uma empresa ou pessoa física registra no cartório de protesto uma dívida não foi paga.  

Basicamente, notifica judicialmente que a quantia acordada não foi paga dentro do prazo. Então, o cartório emite uma notificação ao devedor. Entretanto, não é apenas uma intimação, quando uma dívida é protestada, o nome do inadimplente é enviado diretamente para órgão de proteção ao crédito. 

Isso significa que o nome da pessoa ou empresa fica sujo. Essa situação é bastante negativa, já que pode ocasionar até mesmo o nome negativado. A questão é que ao ser protestado, não recebe as informações de quem fez a notificação.

É possível saber por meio do cartório, porém precisa ir até o local e dar início a um pedido. Para solucionar essa questão, algumas empresas oferecem a consulta de restrição financeira protesto, que permite às pessoas entenderem quem protestou e diversas outras informações. 

O que é consulta de restrição financeira?

Comprar Credito consultas prime

A principal função da consulta restrição financeira protesto é descobrir qual empresa ou pessoa física reportou para os órgãos competentes sobre a dívida. É importante ter essa informação em mãos para entender o que aconteceu e o valor que deve ser quitado.

Ainda possibilita que entre em contato com a organização ou pessoa para renegociar a dívida, conseguir melhores condições de pagamento ou esclarecer a situação – caso acredite que algo esteja errado. 

Qualquer pessoa pode fazer uma consulta protesto, dado que existem diversas empresas que oferecem este serviço, como a Consultas Prime. É possível acessar outras informações nessas plataformas.

Tem a consulta completa de CPF ou CNPJ, de restrição financeira e score, entre outras. Que também podem ser úteis para solucionar algumas dívidas, evitar inadimplentes e entender com quem está lidando – como na relação de empreendedor e clientes. 

Como fazer uma consulta de restrição financeira?

Comprar Credito consultas prime

Na realidade, é bastante simples fazer consultas protesto. Geralmente o processo é rápido e eficiente, não precisa ao menos sair de cada para isso. Na Consultas Prime, por exemplo, é necessário fazer um cadastro com algumas informações, como endereço de e-mail, razão Social, cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e número de telefone/WhatsApp.

Após o cadastro e pagamento da consulta, já tem todas as informações que precisa. O custo benefício é ótimo, já que evita transtornos ainda maiores, nome sujo e possibilita a quitação de dívidas.

Conheça a Consultas Prime

Consultas Prime é uma empresa referência no mercado e oferece diversos serviços de consultas. Acreditamos que o primeiro passo para ter uma vida financeira melhor, é entender a atual situação e como melhorá-la.

Isto inclui, a quitação e renegociação de dívidas. Para isso, as consultas são grandes aliadas contra o nome sujo. Entre em contato com a gente para mais informações!