Consulte Pendências Financeiras OnLine de seus clientes
Image is not available

Consulte todas as pendências financeiras de CPF e CNPJ online em nosso sistema.
Consulte também veículos, cheques, protestos, telefones e endereços atualizados.

Slider

Dúvidas sobre a nova Placa Mercosul

Duvidas sobre a nova Placa Mercosul

Agora é oficial: depois de tantos anos de modificações e prorrogações, finalmente foi oficializada a implementação da nova placa Mercosul. Inclusive, há meses, já estamos vendo-as nas ruas, cada vez em maior número. Mas existem várias Dúvidas sobre a nova Placa Mercosul

Mas, acima de tudo, ainda há muitos mitos e dúvidas quando pensamos sobre a nova placa Mercosul, e as notícias, por vezes, estão dispersadas.

Portanto, agora é a hora de esclarecer. A Consultas Prime separou as principais dúvidas, mitos e verdades para que, de uma vez por todas, você saiba todo sobre esse novo projeto da nova placa Mercosul que engloba vários países aqui da América do Sul. Vamos lá?

Breve resumo sobre o novo modelo da Placa Mercosul

Primeiro de tudo, a nova placa Mercosul foi inicialmente pensada e projetada em 2010. Ela foi implementada nos cinco países constituintes do Mercosul (Mercado Comum do Sul), a saber: Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela. Em alguns desses países, as implementações da nova placa Mercosul já começaram há algum tempo. E desde janeiro de 2020 é obrigatório em nosso território.

banner consultas prime

Na prática, a mudança para a nova placa Mercosul acarreta a unificação e padronização das placas dentro dessas nações devido à razão de que facilita o trânsito de veículos entre esses países e garante mais segurança, como em casos de roubos e até mesmo clonagem de veículos. E já esta disponível a consulta veiculo pela placa Mercosul para saber se existem débitos, multas, gravame entre outras informações.

Além disso, todos os países constituintes terão acesso a um sistema de monitoramento integrado por conta dessa nova placa Mercosul. E isso também facilitará a fiscalização.

Finalmente, a mudança da sequência de caracteres possibilitou e muito o aumento de combinações possíveis dentro da nova placa Mercosul em comparação ao modelo antigo, o que já era um problema que estava preocupando as autoridades brasileiras pois já estava chegando no limite de possibilidades de combinações x quantidade de veiculos emplacados.

Até aqui você está por dentro dos “porquês”. Portanto, agora a Consultas Prime vai te contar quais as novidades dessa nova placa Mercosul em relação à antiga. Acompanhe:

Veja também outros textos como: Fique de Olho no Carro e seus detalhes e Consulta Completa Veículo e seus detalhes.

Conheça o novo modelo de Placa Mercosul

Primeiro de tudo, a padronização da nova placa Mercosul implica na transformação das placas vigentes visando a unificação entre os cinco países. Enquanto algumas alterações serão novidades, outras nem tanto. E quais são as diferenças na nova placa Mercosul?

Por exemplo, países como a Argentina vão sentir a diferença de tamanho da nova placa Mercosul. Isso porque o modelo antigo possuía uma largura menor do que o atual, o que pode implicar na necessidade de ajustes no próprio veículo para comportar essa peça. Em contraste a isso, podemos ficar tranquilos, pois no nosso caso o tamanho é o mesmo.

Você certamente já deve ter visto o novo modelo. Aposto que a primeira coisa que pode ter chamado sua atenção foi a diferença da sequência de caracteres da nova placa Mercosul. Como dissemos acima, devido ao baixo número de combinações, foi preciso criar outras estratégias para mudar esse quadro.

Agora esse valor é bem maior. Consequentemente, com essa alteração na nova placa Mercosul é possível ter mais de 450 milhões de placas com diferentes sequências.

Diferença da Placa antiga e a Nova Placa Mercosul

Assim, em contraste com o antigo modelo, cuja sequência era “LLL NNNN”, a nova placa Mercosul é constituída pela sequência “LLL NLNN”. “L” são as letras e “N”, números, ou seja, o segundo número foi substituído por uma letra.

banner consultas prime

“Poxa, agora que eu tinha decorado a minha placa vão mudar as letras e números?” Calma, meu caro leitor! Quando for trocar sua antiga placa pela nova placa Mercosul, como resultado apenas haverá a substituição desse “elemento novo”: se antes a sequência era ABC 1010, agora será ABC 1A10.

Em outras palavras, se o segundo número era 0, na nova placa Mercosul será A; se era 1, será B; se era 2, será C, e assim por diante até o número 9 ser substituído por J. E outro ponto a ser observado é o número zero, que agora contém um corte na parte superior direita para diferenciar com a letra O.

Outro fator que mudou “nas bandas de cá” foi a remoção da cidade e estado para o nome do país. Inicialmente, a nova placa Mercosul deveria conter o brasão de ambas, mas essa ideia acabou sendo substituída, e mais abaixo você verá o que “substituiu” essa informação.

Além dessas características, as cores são outro fator que saltam aos olhos. Diferente de outrora, agora na nova placa Mercosul são os caracteres que mudam de cor:

  • Pretos para veículos particulares, como carros de passeio;
  • Vermelhos para veículos comerciais, como os de autoescola;
  • Verdes para veículos especiais, como os protótipos das fábricas automobilísticas;
  • Azuis para veículos oficiais, como os veículos policiais;
  • Dourados para veículos diplomáticos, como os utilizados pelas autoridades do governo;
  • Pratas para veículos de colecionadores.

QR CODE como forma de modernização e segurança

Para além de aspectos “meramente visuais”, o ponto mais digno de nota que nós da Consultas Prime achamos interessante e importante de pontuar é a questão da inserção do QR CODE na nova placa Mercosul. Afinal, como bons amantes das novidades tecnológicas, sabemos que essa modernidade trará inúmeros benefícios para a população. Mas primeiramente, vamos entender o que é essa tecnologia.

Resumidamente, ele tem a função parecida a um código de barras. Como resultado, através de sua leitura é possível obter diversos dados pertinentes ao produto ou serviço que o disponibiliza. Atualmente, é cada vez mais comum vermos essa tecnologia em diferentes lugares, como:

  • Propagandas na TV;
  • Cartazes nas lojas;
  • Como meio de pagamento.

Portanto no caso da nova placa Mercosul, através da leitura do QR Code, inserido no lado esquerdo das placas, é possível obter informações relevantes sobre a condição do veículo, de forma mais simples e prática.

Consequentemente, outra questão relevante para essa implementação na nova placa Mercosul foi a exclusão da necessidade de manter o nome da cidade e seu estado. Então, essa tecnologia configura em mais uma forma de segurança para a população.

Finalmente, vamos àquela pergunta que não quer calar:

Preciso trocar minha placa para a Placa Mercosul?

Devido à razão de que é uma mudança recém implementada, a troca da nova placa Mercosul será feita gradualmente.

A estimativa é que o padrão da nova placa Mercosul seja estabelecido no nosso país até 2023. Além disso, até o momento existem algumas situações em que são exigidas a troca, então, se atente, caso você faça parte de uma dessas categorias listadas:

  • Caso você tenha acabado de adquirir um veículo novo;
  • Caso o lacre da sua placa antiga tenha se rompido. Lembrando que as placas novas não mais possuem esse equipamento de segurança;
  • Transferência de veículos intermunicipais ou interestaduais, ou seja, mudança de cidade;
  • Placas com prejuízo na identificação, ou seja, danificadas, quebradas, amassadas e/ou apagadas;
  • Transferência de categoria, como veículo particular que será usado para área comercial, por exemplo.

Agora, se você não se encaixa em nenhum desses pontos, mas ainda assim gostaria de fazer a troca, pode comemorar: já está liberada a troca voluntária para a nova placa Mercosul. Contudo, vai ter de desembolsar um dinheirinho que talvez não estivesse nos seus planos.

Isso porque há um ponto que está gerando algumas polêmicas, que é referente às taxas de troca. Parece que a falta de preços tabelados se tornou um dos grandes fatores para os valores mudarem tanto de cidade para cidade, e estado para estado. Como resultado, tem estado que pode estar na casa dos R$ 150, e outros em mais de R$ 300 para adquirir a nova placa Mercosul. Grande diferença, não é?

Conclusão

Da mesma forma como foram necessárias transformações sobre a forma de emplacamento dos anos 1990, as pendências da nossa era pediam que alterações acontecessem. Mas e você, o que achou da mudança para a nova placa Mercosul?

Estes são os aspectos sobre a nova placa Mercosul mais dignos de nota que nós da Consultas Prime separamos para você. E quando precisar fazer uma consulta online, conte com nossos serviços! Por aqui, é possível realizar uma consulta online de Restrição Financeira, Dados Cadastrais e Veicular. Entre em nosso site e saiba mais como podemos te ajudar. Até a próxima!