fbpx
Consulte Pendências Financeiras OnLine de seus clientes
Image is not available

Consulte todas as pendências financeiras de CPF e CNPJ online em nosso sistema.
Consulte também veículos, cheques, protestos, telefones e endereços atualizados.

Slider

Situação cadastral e sua importância

Situação Cadastral e Sua Importância

Antes de liberar o financiamento de um bem ou um empréstimo para pessoa física, as empresas consultam a Situação Cadastral para realizar a análises de crédito. O procedimento é comum e contribui para diminuir, consideravelmente, o risco de não receber o montante acordado. Mas e quando o crédito é solicitado por outra empresa? Nesse caso, precisa recorrer a situação cadastral da empresa solicitante.

Dessa forma, é possível conferir a situação cadastral atualizada do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). Minuciosa e precisa, a consulta do CNPJ no postal Consultas Prime fornece uma série de informações relevantes sobre a empresa em si. O conjunto dessas informações é usado para respaldar a deliberação de concessão ou indeferimento do crédito pedido.
Quer saber por que a análise da situação cadastral é tão importante para as instituições financeiras? Confira as consequências que podem ser evitadas e o detalhamento de todo o processo de avaliação a seguir!

Classificação da situação cadastral

banner_comprar_credito

Antes de qualquer coisa, nós vamos apresentar os diferentes status de um CNPJ. Visando facilitar o processo de análise de crédito, foi elaborada uma classificação bem objetiva. Segundo o registro, a situação da empresa pode estar:

Ativa;

Quando o CNPJ aparece ativo no sistema, isso significa apenas que a empresa está exercendo suas atividades normalmente.

Suspensa;

Já a suspensão do CNPJ, indica o primeiro sinal de alerta, pois há algum problema. Se alguma filial tem alguma pendência, por exemplo, ela culminará na suspensão do CNPJ.

Inapta;

Enquanto isso, as organizações classificadas como inaptas são aquelas que não emitem relatórios contábeis há, pelo menos, dois anos. Vale destacar que as empresas que estejam nessa situação são impossibilitadas de concorrer em processos licitatórios. Outra punição que merece menção, é a perda de possíveis benefícios fiscais, previstos por leis específicas.

Baixada;

Se o CNPJ constar com o status de “baixado”, isso quer dizer simplesmente que foi dado baixa no CNPJ. Nesses casos, as atividades empresariais ainda podem ser restabelecidas mediante algumas condições.

Nula;

O CNPJ nulo, por sua vez, aponta para empresas que apresentem alguma irregularidade cadastral. Tais inconsistências de dados podem derivar de mera duplicidade de registros, nas esferas municipal e estadual. No entanto, elas também podem ser acusadas, devido a procedimentos ilegais relacionados ao CNPJ.

Risco de inadimplência das empresas

A negligência do processo de análise de crédito de empresas pode trazer graves consequências para as instituições financeiras. De acordo com um levantamento divulgado pelo Sebrae, o ano de 2016 foi marcado pó um recorde negativo de inadimplência empresarial.
Nesse ano, o índice de empresas que solicitaram crédito e não honraram o compromisso de pagamento em dia chegou aos 8%. Os dados se referem às micro e pequenas empresas brasileiras e ainda chamam a atenção por outro motivo.
Trata-se do encolhimento da economia de então.

Atenção aos Detalhes na Análise de Crédito

Por que os analistas de crédito devem observar esse detalhe com atenção e redobrar a taxa de cautela? Porque em 2019, nós ainda estamos em um período de certa retração econômica.
Durante os períodos de retração da economia, muitas empresas apresentam uma enorme dificuldade em movimentar o fluxo de caixa. Seja por meio de empréstimos tradicionais ou via antecipação de recebíveis, elas tentam recuperar um pouco do fôlego perdido.
No entanto, as projeções de melhora da economia podem não se concretizar ou levarem mais tempo do que o previsto. Há ainda, a probabilidade de que a melhora da economia seja muito seletiva com relação às empresas beneficiadas.
O resultado? Falta de dinheiro em caixa para pagar as parcelas do empréstimo ou financiamento. Por mais que haja cobrança judicial sobre as organizações inadimplentes, os processos podem levar anos até serem finalizados. Até lá, quem arca com o prejuízo são as instituições financeiras que concederam o crédito.

Ocorrência de ações fraudulentas

A análise da situação cadastral da empresa também funciona como um mecanismo antifraude. No fim de março de 2019, a Polícia Federal colocou em ação a operação denominada “Santuário”. O objetivo foi o de anular falsas empresas que se escondiam sob CNPJs cadastrados normalmente, junto à Receita Federal.
Para abrir essas empresas, os criminosos também costumam clonar CPFs. De uma forma ou outra, o risco de se conceder crédito a empresas fantasmas é duplo. Além de não receber o valor acordado, a instituição financeira, mesmo que sem a menor intenção, contribui com o crime organizado.
Uma das reais atividades dessas falsas empresas é a emissão de notas fiscais “frias”. Isso é feito astutamente, entre duas empresas fantasmas. Com isso, elas simulam transações operacionais. A intenção é passar credibilidade para o histórico dos CNPJs envolvidos.
A partir daí, as instituições financeiras se tornam alvos. Geralmente, o plano é simples: os fraudadores pedem créditos financeiros de baixo valor, quitando-os dentro do prazo determinado. Assim, eles criam uma suposta reputação de bons pagadores.
Pacientemente, os criminosos repetem a solicitação de empréstimos de valores próximos. Com um histórico consolidado, eles pedem um valor mais alto. Aqui está o risco de um prejuízo enorme para a empresa que concedeu o crédito.

Complicações perante a Receita Federal

A emissão de NF-e (Nota Fiscal Eletrônica), baseada a um CNPJ problemático, também rende problemas junto ao Fisco. Até que todo o imbróglio seja esclarecido, a instituição financeira terá que prestar conta das ações realizadas. Naturalmente, uma das perguntas a serem feitas será relacionada ao método de análise de crédito usado pela instituição financeira.

Como evitar todos esses problemas

Como demonstrado, uma análise de crédito frágil pode introduzir uma empresa em grandes problemas. Para que não haja falhas no processo, é preciso tomar alguns cuidados. O principal deles, se refere à existência de uma base de dados sólida e constantemente atualizada.

O analista de crédito deve ter à disposição uma solução capaz de elaborar relatórios concisos e precisos sobre o CNPJ pesquisado. O melhor resultado só será obtido mediante o cruzamento de dados extremamente relevantes, como os clientes e fornecedores da empresa.
Nesse sentido, nada melhor do que contar com uma solução completa. Para facilitar a sua vida, nós reunimos todas as consultas necessárias em uma única ferramenta.
Dessa maneira, além de obter informações confiáveis, você ainda consegue otimizar o tempo usado para isso. Nunca foi tão fácil e seguro analisar qual é a real situação cadastral da empresa solicitante de crédito.
Ficou interessado? Acesse agora mesmo o nosso site e conheça a solução que transformará totalmente a análise de crédito na sua empresa!

Consultas Prime: o seu distribuidor Consultas OnLine

Por meio da Consultas Prime, você e sua empresa têm total acesso a todos os serviços oferecidos em informações sobre cadastros de crédito, Score, negativados, protestos e muito mais.

A Consultas Prime facilita a rotina da gestão da sua empresa ao intermediar a aquisição de créditos e consultas aos cadastros de maneira fácil, rápida e acessível para o seu negócio.

Por meio da maior base de dados de análise de crédito do Brasil, a sua empresa tem condições de tomar decisões mais assertivas sobre vendas e negócios com pessoas físicas e jurídicas.

Com os nossos serviços, a sua empresa reduz custos, evita calotes e ainda tem chances maiores de recuperar dívidas atrasadas e débitos de clientes inadimplentes. Tudo ao alcance de poucos cliques.

Conheça todos os produtos  para o seu negócio.