fbpx
Consulte Pendências Financeiras OnLine de seus clientes
Image is not available

Consulte todas as pendências financeiras de CPF e CNPJ online em nosso sistema.
Consulte também veículos, cheques, protestos, telefones e endereços atualizados.

Slider

Análise de crédito no CNPJ

análise de crédito score cnpj

Quando uma empresa tem a sua Análise de crédito no CNPJ não aprovada — reprovada — certamente muitas dúvidas surgem. Por que será que não foi aprovada? Será que o CNPJ está inscrito nos órgãos de proteção ao crédito? O que eles consideraram na hora de analisar o perfil da marca? Enfim, muitas são as perguntas que surgem nesse momento.

Para responder parte delas, fizemos este post. Aqui, abordamos como funciona o processo de Análise de crédito no CNPJ. Acompanhe e saiba exatamente como tudo acontece! Assim, caso ainda não tenha solicitado uma Análise de crédito no CNPJ, você já fica preparado e pode se planejar bem. Mas, acima de tudo, utilizando nossas ferramentas você mesmo poderá realizar algumas consultas como: Restrição no CNPJ ou Consulta Completa CNPJ Score para entender um pouco mais como é visto sua empresa no mercado financeiro.

O que é análise de crédito?

Sabe quando aquele parente ou amigo liga para pedir dinheiro emprestado, alegando que está passando por certas dificuldades? Nesse caso, geralmente, não fazemos uma Análise de crédito no CPF antes de emprestar a quantia solicitada, mas, sem dúvida alguma, esperamos recebê-la. Certo?

Então, o mesmo ocorre quando solicitamos um empréstimo para a empresa, por exemplo, a um banco ou a uma instituição financeira, com a diferença de que essas empresas executam um processo chamado de “Análise de crédito no CNPJ”.

Com razão, se pensar bem, afinal as financeiras não conhecem a empresa e, devido a isso, precisam garantir que ela vai cumprir a sua palavra, ou seja, pagar o valor que pediu, seja de uma só vez ou a prazo. E a melhor maneira que elas utilizam para conhecer a empresa é realizando consultas para auxiliar na Análise de crédito no CNPJ tais como: Restrição de CNPJ Crednet ou Consulta Completa CNPJ Score Relato

Diferente do primeiro caso, em que o empréstimo se dá em razão da confiança e da relação afetiva ou fraternal; no segundo, temos uma relação formal, em que a financeira assume a responsabilidade de emprestar a quantia solicitada, mas se – e somente se – o consumidor preencher certos requisitos e as políticas internas da instituição.

A seguir, conheça melhor o passo a passo do processo de análise de crédito.

Análise de crédito — como é feita?

Segundo alguns especialistas, o processo de Análise de crédito no CNPJ é composto, comumente, por cinco fases, a saber:

1. Dados cadastrais

No ato de solicitação de um empréstimo, entre outros produtos, o cliente precisa preencher um cadastro e até mesmo o requerimento. Nesse momento, ele terá que fornecer os dados solicitados. Geralmente, o banco ou a financeira pede:

● Razão social da empresa, sem abreviação;

● Registro de fundação;

● Número de CNPJ;

● Telefone, e-mail, endereço completo e contatos que podem validar as informações que cedeu;

● Comprovação de renda;

  • Mais uma informação que também pode ser confirmada nas Consultas CNPJ

● Entre outras informações específicas.

No ato de preenchimento dos dados, é fundamental que seja sincero, fornecendo corretamente as informações exigidas. Qualquer conflito identificado nos dados que cedeu pode ensejar a sua reprovação na Análise de crédito no CNPJ e frustrar, assim, a sua expectativa.

2. Verificação de restrição no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica)

Tendo por base os dados que forneceu no momento do cadastro, o banco começa, de fato, a Análise de crédito no CNPJ. Para isso, verifica junto aos órgãos de proteção de crédito como a Boa Vista ou SPC se possui alguma restrição no CNPJ da empresa. Portanto as consultas CPF ou Consulta de SPC serão realizadas tais como: Restrição de CNPJ Crednet ou Consulta Completa CNPJ Score Relato.

Caso ela tenha alguma dívida pendente, por menor que seja o valor, a financeira pode negar o pedido de crédito. Por isso, é importante que pague as contas em dia e, sempre que possível, você poderá realizar as consultas CPF em nosso portal, pois pode ocorrer de algum deles inserir o nome da empresa no cadastro dos negativados ou Pefin por erro. Além disso, temos uma solução perfeita para você monitorar sua empresa para evitar surpresas ao solicitar uma Análise de crédito no CNPJ, o MeProteja irá monitorar todas estas ocorrências que poderá ocorrer sem o seu conhecimento.

3. Análise do perfil de crédito do cliente pessoa jurídica

Caso o cliente tenha sido aprovado na etapa anterior, o banco passa a analisar o seu perfil, a partir, muitas vezes, de políticas internas. Sabe-se, no entanto, que, nessa fase, a financeira consulta o score de crédito da empresa, buscando averiguar sua pontuação.

Quanto mais elevada for a pontuação, significa que a empresa é uma boa pagadora e não costuma atrasar suas contas. Isso é considerado na Análise de crédito no CNPJ, bem como na sua homologação.

4. Verificação da renda mensal ou faturamento da empresa

Na quarta etapa, a financeira busca avaliar a rentabilidade mensal do cliente ou empresa. A ideia com isso é analisar se, realmente, ela pode ser comprometida e se o solicitante terá capacidade financeira de assumir a responsabilidade de quitar a dívida.

Geralmente, os bancos e as financeiras consideram que a parcela mensal — de um empréstimo, por exemplo — não pode ultrapassar mais de 30% da renda mensal.

Assim, caso tenha pedido um empréstimo com parcela mensal de R$ 5.000,00 e a sua empresa fature por mês R$ 10.000,00, pode ser que o banco negue o crédito. Nessa situação, ele prefere negar do que assumir o risco e ser prejudicado.

5. Análise dos documentos

Na última etapa, caso tudo esteja certinho, são analisados os documentos da empresa, como CNPJ, comprovação de faturamento, endereço (comprovante de residência), entre outros dados que tenha fornecido.

Qualquer conflito identificado nas informações cadastrais ou outras, que cedeu, pode ensejar na reprovação de seu pedido de crédito, como ressaltamos. Por isso, é bom ser sincero e isso inclui falar qual é o faturamento mensal da empresa.

A instituição financeira, diante de qualquer inconsistência nos documentos, pode chegar à conclusão que não é um bom negócio aprovar a Análise de crédito no CNPJ.

Conclusão

Finalmente, agora que sabe o essencial sobre como funciona o processo de Análise de crédito no CNPJ, fique ligado e tome as medidas necessárias para que tudo ocorra e, assim, o seu pedido seja aprovado. Com o pedido aprovado, a sua empresa pode investir em setores estratégicos e assim crescer ainda mais no mercado, bem como obter diferencial competitivo.

Assim, já que está aqui, por que não aproveita o momento para fazer a sua Análise de crédito no CNPJ em nosso site? Clique aqui. Dessa vez, temos certeza que tudo ocorrerá bem, caso em algum momento ou alguma vez o seu pedido já tenha sido negado. Conte conosco para acelerar a sua aprovação!